domingo, 2 de junho de 2013

O sonho de Toninho


Antônio Lima da Silva, o Toninho, tinha o sonho de todo o menino pobre ou rico, ser jogador de futebol.
O maior divertimento de Toninho era ir ao estádio do clube de sua cidade natal, o Esportivo Atlético Capinzinho, o seu time preferido, para ver o treinamento dos seus ídolos através do alambrado.
Sua família, de origem muito pobre, não tinha dinheiro para pagar as entradas dos jogos. Logo, os treinos era o mais próximo de uma partida de futebol profissional que ele conseguia chegar.
Nos dias de jogos, ele ouvia as transmissões por um radinho velho, única herança deixada pelo seu falecido pai. Não perdia um só comentário e procurava ler as notícias nos jornais da barbearia onde fazia bico de engraxate. Todo o dinheiro que ganhava destinava a sua mãe para ajudá-la nas despesas da casa. Ela trabalhava de empregada doméstica e lavava roupas para fora nas horas de folga.
Toninho participou de todos os campeonatos do Grupo Escolar Capinzinho, onde estudava. O time que com ele contava levava nítida vantagem nos campos de areião com goleiras feitas com madeira de demolição.
A equipe profissional de Capinzinho não era um time de ponta e nunca havia chegado a uma final de campeonato. Toninho nunca ligou para isto e ao contrário de seus amigos, que torciam para times da capital, se mantinha fiel ao seu clube do coração.
No ano em que Toninho completou 12 anos, o seu time se superou e conseguiu chegar a final.
Por sorteio, o segundo jogo da decisão foi em Capinzinho, e com isto a cidade ficou em festa.
Para alegrar o coração dos meninos do colégio municipal aconteceu um problema com o contrato dos gandulas. Assim, o presidente da federação resolveu inovar e convidou os alunos do Grupo Escolar para "gandular" o jogo.
Toninho se encheu de esperança. Era a chance de ver um jogo e, o que era melhor, de certa forma atuar nele. Achando que por ser o melhor jogador do colégio seria um dos escolhidos, mas não foi. O diretor da escola fez um sorteio e o Toninho não foi contemplado. Ele foi para casa chorando e no dia seguinte não compareceu à aula. O mundo tinha acabado para ele. Faltou inclusive a de Educação Física, a sua preferida.
Por se tratar de um aluno exemplar, o professor, desta matéria, Hélio Morato preocupado com sua ausência foi procurá-lo em casa. Sabendo da situação, decidiu comprar ingressos e levar o Toninho ao jogo, mas para o seu azar todos os ingressos estavam vendidos.
No sábado, um dia antes da final, um dos meninos sorteados não compareceu ao estádio. Era necessário orientar os novos gandulas como proceder no jogo. Precisavam de mais um. Como Morato era o responsável pelos alunos nesta tarefa e os acompanhava, imediatamente mandou chamar Toninho.
Da tristeza para a explosão de alegria em um só segundo quando Toninho recebeu a notícia de sua mãe.
– Filho! Ligaram do colégio para nossa vizinha. Querem você no estádio agora.
Com sua bicicletinha enferrujada de pneus remendados, que ganhou de um vizinho, ele pedalou rapidamente para o estádio. Chegando lá, já com outro ânimo, não conseguia esconder o sorriso, mas prestou muita atenção nas instruções.
Voltou para a casa radiante.
No dia da decisão a cidade estava em polvorosa. Carros buzinando, bandeiras espalhadas, gritos de guerra, foguetório e etc. Porém, ninguém, mas ninguém mesmo, era mais feliz que Toninho, que foi para o estádio como se fosse jogar na final.
E começou o jogo...
Jogo duro, o adversário Capital FC atual campeão e por seis vezes seguidas não dava mole.  Era uma pressão total. Ignoravam a presença da torcida de Capinzinho.
Toninho roía as unhas. Nunca tinha pensado que ver um jogo ao vivo seria tão sofrido.
Ainda no primeiro tempo o jogador adversário se atirou na área e o juiz deu pênalti.
– Ladrão! – Entre outras coisas gritavam todos, menos Toninho, que ficou paralisado. Foi bem na goleira onde tinha sido escalado para trabalhar. Que coisa, justamente ali, ter que ver bem de pertinho pela primeira vez o seu time do coração sofrer um gol. De maneira alguma, pensou ele. Toninho colocou as mãos sobre os olhos, mas quando o juiz apitou, ele abriu os dedos e viu a bola explodindo na trave de seu goleiro. A vibração foi geral e não foi diferente com Toninho que pulava de alegria.
E terminou o primeiro tempo com o placar em branco.
Os garotos invadiram o gramado para a tradicional batidinha de bola dos gandulas e com show de Toninho. A torcida vibrava com a graça e a ginga daquele moleque que entortava os colegas com seus dribles.
E começou o segundo tempo...
De novo o Capital FC pressionando, mas desta vez Toninho via de longe. Ele permaneceu na mesma goleira e continuava a roer as unhas, pois parecia pior por estar mais distante.
A coisa estava feia até quando Janjão experiente atacante do time de Capinzinho cabeceou uma bola despretensiosamente e ela morreu no fundo do gol do Capital. A torcida explodiu e mais uma vez Toninho ficou apático, mas desta vez de emoção. A bola estava ali dentro do gol, ele podia tocá-la, mas não como durante o jogo quando era simples reposição de bola. Era a primeira vez que ele via um gol do seu time ao vivo. Até então, somente os replays na televisão da barbearia.
O time adversário continuava a pressionar. Agora lhe bastava o empate. O jogo sem gols da primeira partida da decisão lhe deu esta vantagem. Então, veio o contra-ataque e de novo Janjão, desta vez com os pés, empurrou a bola para dentro do gol. Foi a glória. A torcida veio abaixo e Toninho contaminado pela euforia virava cambalhotas.  A partir daí só deu Atlético Capinzinho, e o terceiro gol veio numa cobrança de falta no finalzinho por Dedé Batata, o ala esquerdo.
Nem o gol de honra dos adversários abalou Toninho e a torcida da cidade, o grito era um só: – É campeão!
Toninho nem ficou na festa que tomou conta da cidade. Para ele a missão estava cumprida e um sonho realizado. Ele foi para casa, deitou-se e ficou sonhando novamente com o futuro que em vez de estar do lado de fora do gramado, ser ele o responsável pelos gols que deram o título para seu time.

86 comentários:

  1. Que bela história Chamun. Traduziu o sonho de muitos meninos desse Brasilzão afora. Novamente, bela história. Bj

    http://utopianongrata.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Tham.
      Que bom que consegui deixar um recado.

      Bj

      Excluir
  2. Ser jogador de futebol é sonho de todos os meninos, ainda bem que Toninho realizou o seu sonho. Cláudio te desejo uma ótima semana, beijos.
    Lucimar Estrela da Manhã
    Divulgue seu blog no Face
    Fan Page Retribuo Curtidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu:
      O Toninho realizou um sonho, tem mais por ai - rss.
      Ótima semana para ti também.
      Beijo

      Excluir
  3. Eu particularmente tenho uma opinião bem contrária sobre futebol, mas textos assim que expressam de uma forma tão doce e real a essência dos sonhos de uma criança me fazem ver as coisas com outros olhos. Você tem o dom de prender o leitor, numa leitura suave onde a gente bebe aos poucos e fica querendo mais no final. Seus contos são muito bons, mesmo.

    Fiquei muito feliz pela alegria do menino, é feliz que sabe fazer uma criança feliz.

    Beijos.
    www.eraoutravezamor.blogspot.com (Já tem continuação)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um comentário positivo como este e de quem não curte futebol me deixa ainda mais feliz.
      Já vou conferir a continuação. Não perco por nada rsss
      Beijos

      Excluir
  4. Oi,Claudio.

    Realizar um sonho é sempre maravilhoso,independente do que foi escolhido para ser feliz.

    Gostei de seu blog e o sigo.

    Vou colocar na minha lista de blogs.

    Perdi meu outro blog sem saber o motivo.
    Um dia abri e li que estava excluído.

    Com 200 seguidores e 900 posts.

    As amigas estão me ajudando a recuperar os seguidores novos e não e publicando meu problema.

    Recomeçar é minha palavra de ordem e estou com esse novo blog que comentou e agradeço.

    Volte sempre.

    Abraços e linda segunda.


    Donetzka

    http://magiadedonetzka.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Donetzka:
      Obrigado pela visita e por se tornar uma seguidora.
      Ruim isto de perder um blogue.
      Espero não acontecer comigo.
      Eu te desejo sucesso no novo e já estou indo lá te dar uma força.
      Abraço.

      Excluir
  5. m
    Muito bom! Gostei bastante.
    Nilce

    ResponderExcluir
  6. Oi Claudio !Adorei. Conheci um "Toninho". Mas ele, infelizmente, se perdeu nas drogas. E nós nunca mais o vimos. Parabéns pelo post.
    ( Tuas estórias tem continuação ?? )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Cátia. O meu personagem teve mais sorte.
      Normalmente não faço continuações, mas tenho algumas estórias interligadas. Porém, ao ler a anterior sempre pensa que acabou. Só percebe que é continuação quando lê a outra parte.

      Excluir
  7. Excelente história! Adorei! :)

    Bom início de semana!

    ResponderExcluir
  8. Meu jovem, teu blog é bom de mais.
    Seus textos são dignos de um livro, parabéns. Estou te seguindo.

    www.pre-julgar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. sonhar é bom d+. Como sempre uma história emocionante. Abraço Chamun.

    ResponderExcluir
  10. Claudio,
    Sou um leitor assíduo do seu blog e suas histórias e Estórias. Futebol é um esporte do brasileiro em cada 5 jovens 2 quer ser um jogador. Mas mesmo eu não gostando de futebol eu gostei demais. Gostei do quase final, não sei ainda se você vai continuar a escrever sobre o Toninho. Enfim o Toninho tem um futuro pela frente ainda bem que ele voltou para casa e ficou sonhando com o futuro dele promissor que vai ser.

    abs

    ResponderExcluir
  11. Oi Cláudio, um conto maravilhoso que expressa muito da realidade, muitos meninos nutrem esse sonho, mas nem todos conseguem, ainda bem que Toninho conseguiu rs.
    Sou contrária ao poder que a mídia coloca em cima do futebol, o glamorizando criando ilusão na cabecinha de algumas crianças e adolescentes. Não gosto de futebol, mas seu texto me agradou de forma encantadora =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um grande elogio vindo de uma pessoa que não curte futebol. Isto me deixa com o ego inflado - rss.

      Excluir
  12. ASahsuahs
    Tadinho! Que gracinha de menino! eu imagino a felicidade que ele deve ter tido quando foi chamado no lugar do gurizinho. Gosto muito destes finais felizes *_*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Andressa.
      Final feliz é sempre bom, nem sempre possível,.

      Excluir
  13. Legal o texto, deu pra sentir tanto a aflição quanto a alegria de Toninho... um menino simples, com sonhos que fazem parte da realidade de muitos brasileirinhos.

    ResponderExcluir
  14. Pois é, acho que quase todo jogador brasileiro começa assim, uma criança sonhando em estar dentro do gramado pelo seu time!
    Amei a história!


    http://oicarolina.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos começam assim mesmo Carolina.
      Com sonhos.
      Obrigado.

      Excluir
  15. É bem típico a nós, brasileiros, esse amor pelo futebol... e os meninos que o digam.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  16. Muito simpática a história! Achei engraçado o nome "Capital FC".
    Lendo o texto me lembrei de quando era criança e papai me levava a alguns treinos do Fluminense e de quando ele me levou para assistir a um jogo no Maracanã. Inclusive escrevi uma vez sobre essa ida ao "Maraca" no meu blog, com o título de "Papai, O Fluminense, e O Maior Estádio do Mundo". Naquela época meu querido "Nense" não estava numa de suas melhores fases! =| Mas venceu aquela partida. o/

    ...beijinhos***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurei não usar nomes de times oficiais.
      Para não gerar polêmica e para não ser cobrado de direitos he hehe

      Então torce para o Flu.. do grande Fred.

      Obrigado Aline

      Beijo

      Excluir
  17. AMIGO, COM CERTEZA NINGUÉM SABE TUDO, SEMPRE TEMOS ALGO PARA APRENDER. ESSE É O OBJETIVO DO MEU BLOG: CADA VEZ IR MAIS FUNDO.

    Vim retribuir sua visita e conhecer seu blog. Agradeço muito e já estou seguindo.
    Convido para conhecer meu outro Blog Crescimento Cristão .
    Tenho um grupo de divulgação de blogs chamado ENTRE BLOGS, será muito bom ter seu blog no grupo, se quiser participar só é preciso acessar e se inscrever. Entre Blogs Grupo de Divulgação

    Bjuuuss

    Cris
    Crescimento Cristão - Maturidade


    Fan Page Cristãos em Construção

    Fan Page Monte Horebe Santíssimo - Nova História

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde amigo!
    Obrigado pela visita!!!
    E segui seu conselho!

    Micael

    ResponderExcluir
  19. Oi Claudio, voltei, e conforme o tempo vai me permitindo vou fazendo o que mais gosto, visitar os amigos e agradecer as suas visitas lá no meu recanto...Viajei na história do menino Paulinho,quem sabe hoje ele já não é um jogador profissional conquistando o seu sonho...
    Beijos com carinho ★.¸¸.•´¯`•-
    Marilene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marilene,
      seja bem vinda de volta.
      Obrigado.
      Beijos

      Excluir
  20. Quando eu era criança, meu sonho era ser ator de filmes de fantasia. Achava que os atores realmente viviam toda aquela magia. Ao crescer, fui percebendo que as coisas não são realmente assim. Por isso optei por escrever a magia, uma forma de estar próximo dela.

    No futebol sempre fui ruim. Uma vez, eu estando de goleira, recebi uma bolada na cara que quase me fez chorar. A molecada toda rindo e eu morrendo de vergonha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pô, isto foi bullying com um perna de pau, ups... desculpe - rsss.
      Então Jefferson como jogador tu viraste um grande escritor.
      Não é mesmo?
      Pelo menos nos nossos textos podemos ser o que quisermos.
      Abraço.

      Excluir
  21. Olá!
    Ameeei o seu blog!
    Se puder dá uma passadinha no meu e deixa um comentário?
    Meu mundo, Meu quarto

    ResponderExcluir
  22. A-M-E-I o post, a história.
    Quando começo a ler um post seu, parece que estou começando um livro novo, leio um parágrafo e fico imaginando o que vai acontecer no próximo.
    Foi muito bom ver (ler) o sonho do Toninho se realizando.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Adorei o post, a história esta muito bem escrita!
    Abraço

    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. adorei o texto!
    temática super diferente!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Gostei do texto. É a história de muitos meninos brasileiros e sonhadores. Mas o que me chamou a atenção, foi o fato de que quando se tem tão pouco, passamos a valorizar até a mais simples situação. Nossos sorrisos são mais sinceros e menos exigentes.

    ResponderExcluir
  26. ounh, que lindo texto. Que bom que Toninho conseguiu se realizar e se encher de esperanças sonhando mais (:

    Coruja Essência

    ResponderExcluir
  27. Muito bom.
    Eu me senti dentro do estádio.

    ResponderExcluir
  28. Achei que meu marido tivesse comentado nesse post, parece que ele falou algo sobre esta história, mas não vi o comentário dele aqui...
    Bjs - Suzana Rosa - www.rosachiclets.com.br
    Se tiver um tempinho, veja o blog do meu marido, ele postou sobre nossa viagem a João Pessoa! O blog dele é www.artigodeopiniao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fui lá querida, não perco por nada.
      Bjs

      Excluir
  29. Oi amigo muito bom o texto como sempre né, esse e o sonho de quase todas as crianças do brasil, aqui onde vivo a historia ja e outra as crianças estao mais preocupadas com os videos games entre outros. um abraço

    ResponderExcluir
  30. Cara, você escreve excelentemente bem. Poucas vezes, nos últimos tempos, li uma crônica que me tocasse tanto.
    Já estou até seguindo seu blog, e só peço que continue escrevendo, escrevendo e escrevendo... Porque não vou cansar de ler.
    Um abraço.

    Amulherqueeugostariadeser.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina,
      Já fui no teu blogue, já sou seguidor e estou muito contente com o teu comentário.
      Abraço.

      Excluir
  31. É futebol movimenta o mundo algora outros esportes não são bem aceito, sei que tem muita gente que gosta de futebol, porem o cara ganhar milhões para ficar jogando bola? Enquanto tem professores ganhando um absurdo! Sem um professor o que seria do mundo? Sem um jogador o que seria? Pensem nisso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus..
      Os outros esportes estão começando a ter destaques, mas realmente o futebol é o que mexe com mais público e é praticamente no mundo inteiro.
      Quanto aos professores tens toda razão. Entretanto não adianta colocar a culpa no futebol, copa e outras coisas.
      O problema com os professores não é de agora. Já vem de tempos e tem que ser feito alguma coisa.

      Excluir
  32. Esse conto é o retrato perfeito da realidade de milhares de crianças por este Brasil afora, e sua paixão pelo futebol. Uma pena que esse cenário tão brasileiro esteja se perdendo com a elitização e o fim do romantismo no futebol. Ainda bem que eu cheguei a pegar um pouco dessa época nos anos 80, porque a partir de agora, cenas como essas serão raras de se ver.

    Grande abraço,
    Almir Ferreira
    Panorâmica Social

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também peguei os áureos tempos do futebol, Almir, quando os jogadores jogavam mais pela camiseta do que pelo dinheiro.
      Grande abraço.

      Excluir
  33. Você escreve muito bem, parabéns.
    Adorei a história e o enredo dela, principalmente pelos detalhes que são relatados sobre o futebol.
    Continue escrevendo e mostrando seu talento incrível!

    http://jogandocf.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Bela história... o futebol é um esporte muito rico fora e dentro de campo, muitos acham o que os jogadores ganham uma absurdo, mas é a realidade deles, o futebol gera muito dinheiro (mas também a muita corrupção rsrs). Se for ver a proporção de jogadores que conseguem ganhar milhões, são poucos perto daqueles que apenas "passam" pelo esporte... e tomara que Toninho não apenas passe pelo futebol :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme: Como eu disse acima respondendo o comentário do Almir vi futebol das antigas, mas concordo que os jogadores têm que aproveitar a chance deles.
      Não há problemas em investir no futebol. O problema está em não investir na saúde e educação.

      Excluir
  35. Olá boa noite !!!
    Um belo texto que toca o coração
    escrita com palavras perfeita e uma boa história eu adorei

    Abraços de bom final de semana
    Bjuss
    Rita!!!!!
    (¯`v´¯)
    `·. ¸.·´
    ☻/
    /▌

    ResponderExcluir
  36. Que bela história. Como sempre hein :D
    Fiquei até comovida com Toninho.

    http://inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Hoje estou passando bem rapidinho somente para desejar um bom final de semana, pois já li este post!
    Abraços - Junior
    www.artigodeopiniao.com

    ResponderExcluir
  38. Bom Dia Professor.
    Adorei seu texto e da soma 2 + 2 = 5
    Essa conta me deixa intrigada , mais quem sou eu em matemática?
    rsrs.
    Um lindo e maravilhoso Domingo a vc e sua família abraços,Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk
      Obrigado pelo professor Evanir.
      Boa semana.
      Abraço.

      Excluir
  39. Acho que todos os meninos tem algum tipo de sonho...Retribuindo visita Sonho de uma garota

    http://contosdagarotameroko.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. que curioso... meninos agora querem ser jogadores de futebol, no lugar de cursarem ensino superior >.> (noto isso pelas redações dos meus alunos). mas, adorei o seu conto.
    »»» Emilie Escreve

    ResponderExcluir
  41. Emilie, é que futebol mexe com todos os meninos;
    É mais forte do que nós - rsss;
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  42. Realizar um sonho é tudo de bom mesmo!
    Fiquei ate arrepiado com essa história emocionante meu amigo Claudio. É aquela coisa né ... Se não conseguir, não pode desistir. Á sempre um outro jeito de poder alcançar. Sonhar é poder !!!

    Linda história!!!
    Forte abraço amigão.

    Lyu somah
    http://lyusomah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. O sonho de quase todo menino... Belo texto!

    ResponderExcluir
  44. Amei a postagem também sonho com o futebol, porém em trabalhar com gestão esportiva, e esse esporte tem o dom de nos encantar e traz uma felicidade e esperança que só quem é apaixonado sabe.
    Parabéns pela postagem, curti.

    ResponderExcluir
  45. Claudio.Já comentei esse lindo post.

    Realmente o Texto "Creio" que comentou,lembra o "pegadas na areia" que tenho tb no pc.

    Essa imagem que consegui em um power point tem tudo a ver e é linda!

    Sobre como colocar os top comentaristas no seu blog faça assim:



    Entra no site:


    http://www.blogger.com/add-widget

    Preenche os dados e em nomes para excluir.coloque o seu,entende? Exatamente o que usa no seu blog,pois vc não pode ser comentarista.

    Tente usar só 10 comentaristas ou o blog fica pesado.

    Depois vai em adicionar o widget,creio e tudo ocorre sozinho.

    Eu salvo o código gerado par caso de emergência.


    Obrigada pelas visitas e,por favor,não me deixe cair no google!Comente com "nome e url"


    Bjs e lindo fim de semana


    Donetzka

    ResponderExcluir
  46. Acho que todo menino sonha em ser jogador de futebol, muito bom esse texto.

    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir