domingo, 15 de dezembro de 2013

A irmã do Fredão


Alfredo e Eduardo são grandes amigos. Sempre que um precisa do outro se ajudam sem pestanejar. Eduardo, financeiramente confortável, frequentava as baladas ao lado de seu inseparável parceiro cuja fama de mulherengo também não ficava atrás.
Certo dia...
– Alô!
– Edu?
– Fala Fredão. Como foram as férias, já está de volta?
– Antes fosse. Preciso que me quebres um galho.
– Manda amigão.
– Minha irmã caçula chega de Brasília amanhã, e está todo mundo fora da cidade. Eu e a mamãe estávamos voltando, mas o carro estragou. Não vai dar para voltarmos em tempo. Preciso que a pegues no aeroporto e dê um role com ela até chegarmos.
– Ela não tem chave da casa?
– Ela tinha, mas trocamos depois que demitimos a empregada que nos aprontou.
– E tuas irmãs?
– Estão na fronteira, dependem dos maridos, ai sabe como é né, amigão? Só posso contar contigo. Quebra mais esta, vai! Para ela ficar por aí sozinha sem ter onde ficar.
– O que eu vou fazer com ela Fredão?
– Arranja algo, mata o tempo, à tardinha nós estaremos por ai.
– Tudo bem, qual é o voo dela?
– É o Big Fly 2329, chega em torno de 9h30. Valeu!
– Onde fui me meter? – reflete Eduardo – Não pude dizer não para este amigão. O Alfredo é um grande amigo, mas de irmã tá maus, uma mais feia que a outra. E a Micheli então, nossa, é a pior de todas e a mais chata. O que eu vou fazer com ela? Praticamente um dia inteiro. Lá se foi o meu sábado. O negócio é relaxar, amanhã eu vejo o que fazer, mas que fria. Que se dane, hoje é sexta, dia da cerveja e da mulherada.
Depois de algumas cervejas Eduardo foi para casa dormir sozinho, pois a preocupação do dia seguinte não o deixou relaxar. De manhã cedo toca o despertador do celular e ele acorda muito sonolento.
– Hein?. Por que eu programei o despertador? – susto – a Micheli, preciso correr – e ele pula da cama.
– Vou tomar um banho e fazer a barba. Não. Barba para aquele tribufu eu não vou fazer, mas e se eu me livrar dela? Aí já estou com a barba feita para curtir as gatinhas. É melhor prevenir. Será que ela vai me reconhecer? E eu? Vou saber quem ela é? Acho melhor fazer um cartaz. Afinal, faz dez anos que não a vejo. As últimas vezes que ela esteve aqui, tive a sorte de não estar. Como era xarope aquela pentelha.
E Eduardo vai para o aeroporto.
– Bem que ela podia perder o voo. Assim eu me livraria deste abacaxi.  Vou dar uma olhadinha no monitor. Xiiii! A aeronave já está no solo, vou para o desembarque, que merda, vai começar a tortura. Eca! Só pode ser aquela, como é feia, e toda desengonçada. Está dando uma bronca naquele funcionário. Continua chata. Vou ter que passar o dia com isto aí. Ah, Fredão tu vais ficar me devendo uma.
Enquanto Eduardo se martiriza com aquela mulher fazendo barraco, uma bela moça de 1,69, 55 kg, cabelo moreno liso, pele perfeita e corpo escultural se aproxima. Eduardo logicamente repara.
– Nossa, que mulherão, ela está rindo para mim, logo hoje, que azar, não posso marcar nada. Bom, se ela vier mesmo anoto o telefone e ligo amanhã.
– Oi – fala a moça.
– Oi. Tudo bem?
– Acho que esta plaquinha é para mim.
– Ah, teu nome é Micheli. Não é para ti, não. É para uma amiga de família.
– Ô Edu, não me reconheces mais?
– Micheli? – Eduardo fica de boca aberta – Tu?
– Sim – risos – tu esperas mais alguém?
– Bem, é que tu estás tão diferente, considerando o Fredão e tuas irmãs, como vou dizer?
– Ah Edu, deixa de enrolação – risos – não precisa de cerimônia. Eu sei que meus irmãos estão muito fora de forma. Eles não se cuidam. Eu malho todos os dias, me alimento bem e estou longe da comidinha da mamãe. Por isto estou assim.
– É! Assim.
– Vem cá Edu, me dá um abraço. Eu estava com saudades.
O abraço sai e o Eduardo sente calafrios.
– Para onde tu queres ir? O Fredão me pediu para eu tomar conta de ti – risos.
– Eu sei – mais risos – ele me ligou. Que desencontro. Atrapalhada esta minha família, né?
– Ô! Eu que o diga – e os dois caem na risada – teu irmão é um grande amigo mas já me meteu numas boas.
– Quer dizer que sou uma fria, é?
– Não – gagueja Eduardo – não foi isto que eu quis dizer. E aí, o que queres fazer?
– Primeiro eu gostaria de largar estas malas, depois podemos ir ao parque lá perto de casa. Podemos conversar e lembrar da nossa infância quando eu pentelhava vocês.
– Podemos deixar as malas na recepção do prédio que moro, depois iremos ao parque e poderemos almoçar no clube, o que achas?
– Legal.
Depois do passeio no parque, almoço no clube, muitos sorvetes à tarde e um bom papo descontraído, Eduardo vai se encantando por Micheli, mas nela vê, a figura do seu amigão. Se fosse uma gata qualquer ele caia matando, pois sua ficha é longa. Porém, a Micheli, aquela Deusa bem a sua frente, era quase uma irmã. Ele já preferira que ela continuasse feia e chata como antigamente.
– Está ficando tarde né? – Fala Micheli.
– É! Vou ligar para ver onde andam, devem estar chegando.
– Alô.
– Fredão, onde estão?
– Edu. Cara, teu telefonema caiu do céu. Tu nem sabes a zebrona que deu. O conserto foi uma baita sacanagem, o carro pifou de novo na estrada.
– E aí cara? Precisa de ajuda?
– Não esquenta. Já arrumei uma oficina, mas vou chegar bem tarde.
– E o que eu faço com a Mi?
– Mi? Tá íntimo é cunhado?
– Corta essa , e aí?
– Leva no cinema, qualquer coisa, só não leva na boate da Wanda, né?
– Tá bom Fredão, eu me viro – desliga – Mi eles se atrasarão. Podemos ir ao cinema.
– Gostei, mas preciso tomar um banho.
– Bem, só lá no meu ap – Eduardo meio sem jeito.
– Para mim está ótimo pois minhas roupas estão lá mesmo.
– Ainda bem que a faxineira foi ontem – pensou Eduardo.
Chegando lá, enquanto a Micheli toma o banho ele aguarda na sala. Ao sair do banho, Micheli enrolada na tradicional toalhinha sensual dá um sorriso e entra no quarto fechando a porta para se arrumar. Eduardo sente o perfume dela invadindo a sala. Ela se arruma relativamente rápido. A vez do banho é do Eduardo, que contrário dela, sai timidamente no roupão. Depois de ambos se aprontarem vão ao cinema.
Ao término do filme, Eduardo vê no seu celular, que estava no silencioso, quinze chamadas do Alfredo, e ele retorna.
– Alô – atende uma voz sonolenta.
– Fredão! Já chegaram?
– Que mané chegou o quê! Onde vocês estavam? Tô ligando há um tempão.
– No cinema pô. O que houve?
– Cara, preciso me benzer, o carro só fica pronto amanhã cedo.
– E as tuas irmãs?
– Só amanhã ao meio-dia.
– E o que eu faço com tua outra irmã? Levo para um hotel?
– Deixa de ser careta cara, o teu ap é grande, ela se vira na sala.
– Pô Fredão , vai ficar esquisito.
– Vai nada, ela não é de cerimônia e tu és praticamente da família. Confio em ti. Falou!
– O que foi?– pergunta Micheli.
– O carro só fica pronto amanhã.
– Xi!!! E agora?
– Tu podes ir para um hotel ou dormir lá em casa, se não te importares.
– Pensei que não ias convidar – risos.
– Vamos comer uma pizza?
– Estou cansada, quem sabe a gente chama do teu apartamento?
– Tudo bem.
A pizza é chamada, chega e eles jantam. Conversam mais um pouco e decidem dormir. Eduardo cavalheiramente oferece o quarto para Micheli que diz não se importar em dormir na sala. Depois de muitas brincadeiras de quem vai dormir onde, Micheli aceita e vai para o quarto.
As horas passam...
Eduardo não consegue pegar no sono. Ele está totalmente fascinado por Micheli.
– Como é que aquela pentelha gordinha cheia de espinha na cara, chata pra cacete pode ter se transformado nesta Deusa? E o pior, ela está legal, interessante, um mulherão, mas fazer o quê? Tenho que me controlar. Ah se não fosse irmã do Fredão! Ah Fredão, tua dívida comigo aumentou.
Porém, lá pelas 2h30 da manhã Micheli cruza a sala vestindo seu lindo e sensual lingerie com suas maravilhosas pernas bem torneadas a mostra. E Eduardo pergunta:
– Estás com insônia?
– Ai Edu, que susto – risos – pensei que estivesse dormindo.
– Não estou conseguindo.
– Eu também não. E fiquei com sede.
– Deixa que eu pego para ti, senta ai – Eduardo mostra a poltrona ao lado do sofá.
Ele vai até a cozinha e retorna em instantes com o copo d´água.
– Ó, sua água.
– Obrigado.
Micheli bebe, larga o copo na mesinha ao lado e dá a mão para Eduardo ajudá-la a levantar. Ele a puxa, mas um desequilíbrio de ambos faz com que fiquem muito próximos, face a face. O beijo é inevitável. Quando se afastam um pouco...
– Não podemos – diz Eduardo.
– Por quê?
– Tu és irmã do meu melhor amigo. Frequento a tua casa desde criança, tua mãe me quer como um filho.
– Sr. Eduardo, não sou mais uma menininha, sou uma mulher. Eles nada têm a ver com minha vida.
– Mi, eu sou um cara que não se apega a ninguém, um mulherengo. Tu és uma pessoa incrível, sensível, legal para caramba. Não posso fazer isto.
– Edu, há muito tempo que eu queria te dizer uma coisa. Desde menina, eu sou apaixonada por ti. Eu nunca te esqueci. Meus namoros não evoluem porque nunca consegui resolver esta pendência. Eu ficava muito triste quando vinha para cá e não te via. Então meu querido, não me importo com tua fama e ninguém vai atrapalhar esta noite que caiu do céu. Finalmente uma trapalhada do meu irmão me rendeu algo de bom.
E Micheli tasca outro beijo em Eduardo. O que aconteceu a partir daí não precisa ser detalhado.
Chegando o dia seguinte, o telefone toca insistentemente.
– Alô.
– Edu? Que tal? Já chegamos, acorda cara são 11h00 horas, cadê a Mi?
– Mi, é teu irmão.
– Oi mano e ai tudo bem? ... ta bom ... legal ... beijos.
– Estão bem? – pergunta Eduardo.
– Sim, estão ótimos. A mãe te convidou para almoçar.
E no almoço o carinho pela irmã caçula, muitas perguntas, e etc.
Eduardo quieto, mal consegue encarar a família. Pela primeira vez ele estava com dor na consciência após passar a noite com uma mulher. Micheli estava em estado de graça, feliz, parecia até mais bonita. Ela divide a atenção com a família e ele vai embora. À noite Micheli vai à casa de Eduardo.
– Oi Mi.
– Oi – risos – depois do almoço tu sumiste.
– Eu quis deixar vocês à vontade, reunião de família estas coisas.
– Tu és considerado da família.
– É. Como que vou encará-los agora?
– Para Edu! Tu não me seduziste, acho que foi ao contrário né? – mais risos.
– Tu não entendes.
– Então me explica.
– Mi, tu sabes. Eu me criei na tua casa e agora acontece isto. Teu irmão é meu sócio, um amigão. E tu não és gata de balada, é uma pessoa especial.
– Edu, isto está fora de moda. Bom, acho que somente o tempo vai resolver isto. Quero deixar bem claro que meu sentimento não mudou depois de ontem, mas não vim aqui para cobrar nada, vim somente para me despedir.
– Já vai? Puxa é mesmo, tu vieste para o fim de semana.
– Vou amanhã cedo.
– Posso levá-la ao aeroporto?
– Lógico, mas vai ter que me dividir com a família – risos.
– É! Acho melhor nos despedirmos por aqui.
Eles se abraçam e se beijam.
– Edu, pega meu cartão. Se precisar de uma amiga mesmo que distante pode ligar a qualquer hora.
– Tu podes fazer o mesmo.
– Não. Não quero ficar no teu pé. Não quero que te sintas pressionado. Se tu disseres isto eu ligarei todos os dias. Eu te amo, mas a tua amizade está acima de tudo. Coloquei o meu endereço atrás se um dia aparecer em Brasília...
– Mi.
– Sim.
– Só queria que soubesse que tu foste a única com quem me preocupei no dia seguinte.
– Eu sei, mas é bom ouvir isto. É um bom começo – sorriso – tchau.
– Está de carro?
– Sim, com a lata velha do Alfredo.
– Cuidado hein? Não vai ficar na rua – gargalhadas – não sei por que ele não troca.
– É. Dinheiro ele tem, mas ama aquele carro. Bem, vou indo.
– Eu a levo lá embaixo.
Eduardo a acompanha, eles se beijam novamente.
Micheli entra no carro, dá a partida, mostra um último sorriso e arranca devagarinho olhando no retrovisor. Ele a segue com os olhos e vê o carro sumindo ao dobrar a esquina.
No dia seguinte, na empresa que são sócios.
– E ai amigão? Que cara de enterro meu – sempre extrovertido Alfredo.
– Nada não. Bobagem minha.  Joga a agenda ai porque o número que eu preciso não esta no meu celular e a urgência que eu quero não conseguirei na internet.
Alfredo jogou literalmente e ele disca...
– Cia Viaje bem às suas ordens.
– Robertinha?
– Eduzinho? Não acredito. Há quanto tempo meu lindo? O que eu posso fazer por ti?
– Qual é o próximo voo para Brasília?

53 comentários:

  1. Que bela história! Muito emocionante e me senti como o Eduardo que ainda não conheceu sua Micheli.

    Gosto muito de ter a grande honra de ler um texto tão bem escrito.

    Te desejo muito sucesso e um feliz Natal. Que Deus te acompanhe!

    ResponderExcluir
  2. Nossa um lindo romance ..... me traz grandes lembranças ...hoje o meu dia foi para o amor ulalala... eu gostei muito Claudio...perfeito abraços.

    ResponderExcluir
  3. Claudio, amei a história. O sonho de toda mulher é ter um homem que sempre esteja com ela. Parabéns! Bom domingo para você.Tudo de bom! Abração, Lylian

    ResponderExcluir
  4. O tempo passa e as coisas mudam, as pessoas mudam. Tinha tudo pra dar errado, mas não deu. Vai ter continuação? Porque dá uma vontade danada de ler mais dessa história.

    Adorei o conto, Claudio.
    Beijão

    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. kkkk, ele se apaixonou por ela? Eu tbm conheço minha esposa desde que ela tinha 5 anos de idade, depois de MUUUUUUITOS anos nos casamos...
    Agora quero a continuação desse romance, o que acontece depois?
    Abraços - Junior
    www.artigodeopiniao.com

    ResponderExcluir
  6. As pessoas mudam, as transformações fazem parte de nossa vida é sinal de desenvolvimento, crescimento pessoal....físico e mental!
    Somos movidos sempre pela aparência e às vezes nos esquecemos que as pessoas podem mudar para melhor, e guardamos em nossa memória o passado!!!A imagem do passado!
    lindo, amigo!
    Bjus coração
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei, isso mostra que o sentimento aguenta anos.
    agora que venha uma continuação.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa... que texto lindo.
    você realmente tem o dom de escrever de forma cativante...
    agora só precisa continuar hehe.

    bjs.

    Coisas que fazem minha cabeça

    ResponderExcluir
  9. O tempo é apenas um tempero... ou não... =)
    Muito bom esse texto.
    Parabéns!!!
    vidanadaperene.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Hahaha... Acho que conheço esta história!!! Minha esposa era amiga de infância da minha irmã mais nova. Frequentava a minha casa desde os 6 anos de idade. Fiquei um baita tempo sem vê-la e quando ela estava com 14 anos, nos encontramos na casa da minha mãe. E foi PÁ-PUM!!! Amor a primeira vista... Estamos agora com 19 anos de "namoro" sendo 13 de casados... Hehehe

    Abração...

    Silvio Amaral

    ResponderExcluir
  11. Adorei, isso mostra que quando o sentimento é verdadeiro nem o tempo apaga.
    bju
    Estou Crescendo


    ResponderExcluir
  12. Olá Claudio, um conto envolvente do ínicio ao fim, sua narrativa foi perfeita, O amor tem dessas coisas quando está enraizado no coração que apaixonado, esperava a oportunidade de extravasar. Parabéns!

    Adorei a dica que deixaste e já resolvi... era um tormento na minha página...Obrigada.

    Sua leitura me deixou feliz!

    Quanto ao voto, votei com a'lma e o coração.

    FELIZ NATAL!

    Seguindo seu blog !
    Abraço de Paz, deixo-te!

    ResponderExcluir
  13. Claudio, querido, olá!
    A vida muda, as pessoas mudam (às vezes ousam e cortam os cabelos bem mais curtinhos rsrsrs... como foi o meu caso! Já viu? Publiquei hoje!)... até seus corações, acredito eu, por conta de situações vividas mudam também.
    Mas existe um cantinho nele que fica intacto - aquele que guarda o amor.
    Como aconteceu nessa história, tão linda!
    Parabéns e, claro, conte com meu voto!
    Bjs e linda tarde!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Claudio!!! Gostei da história!!! rsrss... viu só? Nada como um dia a pós o outro para conseguirmos alcançar nossos objetivos! Sorte da Mi!

    rs...


    Amigo, vim lhe desejar um excelente Natal! Que ele seja iluminado, e transborde por todo ano que se inicia!!

    E que tenhamos muitos outros contos e histórias!!! rsrs!!!

    Tudo de bom pra você!!!! Fica com Deus!!

    ResponderExcluir
  15. Adorei amigão que história mais gostosa! vc é demais!!!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  16. Olá!!!, Deus seja contigo, tenha uma semana abençoada,
    amigo que texto ótimo amei SUCESSO AMIGO.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  17. Olá amigo, que história hein...adorei...acho que agora ele vai com tudo atras dela, haha...
    abraços da Adry
    makeeflores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá Cláudio,

    Um conto envolvente e delicioso de ler.
    A flecha do amor acertou o coração do Eduardo quando ele menos esperava. O amor é assim mesmo, sempre imprevisível.

    Fui lá ler o conto do Novo Natal do Nicolau. Excelente!

    Ótimas festas!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  19. que situação delicada,
    acompanhada de uma declaração antiga
    amei a História

    lindo dia


    Ser Mamãe Pela Segunda Vez
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  20. Un relato muy interesante, a lo largo de la vida todo cambiamos un poquito es necesario, tienes mi voto. Un ABRAZO

    ResponderExcluir
  21. Quando queremos de verdade, não há nada que nos impeça. Lutamos pelo que desejamos, independente das circunstâncias.

    ResponderExcluir
  22. Muito linda esta tua historia!! Adorei tambem o conto de natal. Desejo-te tudo de bom,fica com deus e muitos beijinhos!! Eu cá ando entretida com os meus bordados e as minhas encomendas de ponto de cruz,eheh. Até breve!!

    ResponderExcluir
  23. Quem diria que a moça iria ser uma beldade? E assim o cupido lançou a flecha rs
    Gostei do conto parabéns.
    Já estou ausente do blog até janeiro e passei aqui para te desejar um natal cheio de paz ao lado da sua família e um ano novo repleto de conquistas.
    Obrigada pelo carinho e amizade.

    ResponderExcluir
  24. História um pouco clichê, mas bem legal, gostei, devias colocar mais dessas por aqui.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Quando tem que acontecer, as coisas realmente acontecem...

    Boas festas e feliz ano novo!

    Abçs

    ResponderExcluir
  26. Adorei,Claudio.

    Isso acontece mesmo.

    Quantas vezes nem reconhecemos antigos amigos de tanto que mudaram?


    Só estou votando em vc lá,querido.
    Viajo dia 21 e só retorno depois do Reveillon.

    Que seu Natal e Ano Novo sejam cobertos de bênçãos e alegrias!

    Beijinhos

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  27. Cláudio que história emocionante, essas histórias acontecem por aí, Cláudio beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Olá Claudio,

    "Véspera de Natal era uma noite de música,
    que se envolveu em você como um xale.
    Mas aqueceu mais do que seu corpo.
    Aqueceu o seu coração ... encheu-o, também,
    com uma melodia que duraria para sempre"

    Que essa melodia se perpetue o ano inteiro
    em nossos corações e em nossas atitudes ...
    Desejo a você, seus familiares e amigos,
    uma noite de Reflexão, Carinhos, muita Harmonia e AMOR!!!
    Boas festas!!!

    Deixamos pra você, abraços e carinhos,
    Minda e Raphael
    www.massovita.com

    ResponderExcluir
  29. Hoje passo apenas pra desejar boas festas, assim que elas passarem com mais calma volto para ler e comentar seus textos ...
    Me perdoe-me a pressa ..

    Abraços
    My

    ResponderExcluir
  30. Olha só, mas que bela história, Chamun. Seus contos poderiam virar filmes de comédia romântica. Esse foi bem engraçado e com um ótimo final.

    Cara, pior que não sei te explicar, porque eu também não sei, uma amiga arrumou para mim. Posso falar com ela, se quiser. Ela é blogueira também.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  31. Rapaz; AMEI a frase final do texto.
    Gostei também do Eduardo pensando " Bem que ela podia perder o voo. "
    Muito bom seu post!

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Nossa que legal essa historia ameiii hahaha, feliz natal e prospero ano novo cneio de realizações!
    www.bybeiju.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. rsrs
    Adorei a história, sempre gosto de ler essas historinhas de amor. ^^
    Viajo na história sabe? haha :D
    Ahn, sobre se comentário? Já tentou fazer uma sessão de Tricologia? Talvez ajudaria a você ter mais cabelos. :D
    Beijos. ♥
    leidynhababy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Baita história hein?!
    Adorei o conto!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  35. Olá Claudio, demorei mas cheguei, peço perdão pelo atraso no comentário. Parece história de filme!!! Qual mulher não gosta de um conto romântico e é claro que eu adorei, imagine chegar em um lugar sem pretenção alguma e conhecer uma pessoa que fará tudo por você e para você. Agora gostaria de saber como fica a amizade destes dois, afinal quando entra a irmã no meio dela as coisas mudam um pouco de figura né?!
    Claudio, te desejo um ótimo Natal cheio de paz, saúde e muita luz. Desejo também muito sucesso e votei no Blog.

    Abraços
    Alê Leca
    Comunidade da Beleza.

    ResponderExcluir
  36. Adorei! Sabe que imaginei que ela estava bonita quando ele começou a reclamar dela ser feia e chata? haha' Acontece.

    Votei no seu blog, boa sorte!

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde amigo Claudio!!!
    Hoje venho deixar meu carinho e agradecimento da sua amizade, mesmo que virtual em minha vida neste ano de 2013.
    Obrigada de coração por suas orações e pensamentos positivos.
    Estou caminhando para a cura total e perfeita, uma caminhada longa mas que estou sabendo enfrentar com muita fé em Deus...
    Que no próximo ano possamos continuar a compartilhar nossas alegrias e conquistas e que nos momentos difíceis saibamos ter serenidade e fé em Deus sempre...
    Que você possa ter os mais belos sonhos e que Deus os realize com toda a alegria e bondade!!!
    Feliz Natal e Ótimas Festas!!!
    Com carinho da Bia!!!
    .
    ________________ ._/\\_.
    ________________ .>,“<.
    _________________ PAZ
    _________________União
    ________________Alegrias
    _______________Esperanças
    ______________Amor_Sucesso
    _____________Realizações_Luz
    ____________Respeito_harmonia
    ___________Saúde__solidariedade
    __________Felicidade___Humildade
    _________Confraternização__Pureza
    ________Amizade__Sabedoria_Perdão
    _______Igualdade_Liberdade_Boa.sorte
    ______Sinceridade_Estima__Fraternidade
    _____Equilíbrio__Dignidade__Benevolência
    ____Fé_Bondade_Paciência_Brandura_Força
    __ Tenacidade_Prosperidade_Reconhecimento
    _______________*********
    ______________***********
    ____________**************
    ______**************************
    ____******************************
    Deus nos abençoe sempre!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    Obs.: Devido ao repouso, o recadinho é colado, porém foi feito com muito amor e carinho para todas as amigas e amigos virtuais. Obrigada sempre por fazer parte da minha vida. <3 TE ADORO!!! <3

    ResponderExcluir
  38. nossa que historia envolvente, queria ler mais rsrs! andei sumida parceiro, mas agora entrei de ferias, posso me dedicar um pouco ao blog!
    grande abraço

    ResponderExcluir
  39. Logo achei mesmo que o Edú iria gostar da moça!
    Eu me lembrei de quando acontece algo assim de irmã de amigo em seriados e na cena o cara olha para a garota e vê o rosto do amigo! Gostei!
    ...beijinhos***

    ResponderExcluir
  40. Demuestra que en la vida,
    hay mil razones para soñar,
    haz de tu vida un sueño
    y de tu sueño una realidad,
    te deseo una felices fiestas en compañía de los tuyos,
    y que el año que viene te colme de mucha , Paz ,Amor y Felicidad.
    Un Fuerte ABRAZO

    *´¨`*•.¸♥♥¸.•*´¨`*•. ¸♥¨`*•.¸♥♥¸.•*´¨`*• .¸♥
    !!!!!FELIZ NAVIDAD!!!!
    *´¨`*•.¸♥♥¸.•*´¨`*•. ¸♥¨`*•.¸♥♥¸.•*´¨`*• .¸♥


    ResponderExcluir
  41. Uau, até achei que não iria rolar nada... adorei! Será que essa história vai ter continuação???

    Depois passa lá no blog para você conferir o que o seu xará fez comigo durante um pesadelo kkkkkkk

    bjkssss

    ResponderExcluir
  42. OI QUERIDO AMIGO
    oi amiga querida
    Neste Natal vamos pedir ao menino Jesus que nos traga paz, amor, compreensão e acima de tudo saúde. Por tudo de bom que você possa representar... Desejo que Deus esteja sempre no seu caminho... Que os Anjos estejam sempre ao seu redor, que tudo de bom possa te acontecer... Que ao receber este pequeno gesto de carinho, você lembre o quanto é importante para mim... Que as distâncias sejam superadas... Por algo que não se mede, nem pelo tempo, nem pelo espaço... Mas mesmo ao longe nossos pensamentos caminham lado a lado em busca de um novo dia... Um novo amanhã! Portanto, receba o meu eterno abraço bem apertado e saiba que você vai estar sempre aqui no meu coração. UM FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO.
    Com carinho.
    Ana

    ResponderExcluir
  43. Esses caminhos do amor são surpreendentes. Um conto envolvente e belo.
    Desejo-lhe um Natal de harmonia e união, com o verdadeiro sentido da data. E um 2014 de grandes oportunidades. Abraço.

    ResponderExcluir
  44. OI CLAUDIO!
    TEU CONTO É MUITO BOM, GOSTOSO DE SE LER, COM UMA SEQUÊNCIA PERFEITA, JOVIAL E AINDA POR CIMA,COM UM FINAL FELIZ.
    QUE TEU NATAL SEJA DE MUITA LUZ E QUE O PASSES FELIZ JUNTO AOS TEUS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  45. Amizade é muito importante, mesmo o tempo e a distância não pode deixar de existir.
    Adorei, acho que vai ter continuação.
    Vivi

    ResponderExcluir
  46. Oi Claudio, gostei muito da história. Sem falar que ele é muito bom de ler e entender.

    Quero desejar pra você e para sua família um excelente Natal e que 2014 possa ser um ano cheio de conquistas e vitórias.
    Lembrando sempre que você não está só, Deus está com você.

    Boas festas!!

    ResponderExcluir
  47. Que bom que as coisas a vezes mudam...em outras não, em uma dessas tudo pode dar certo OU NÃO!!! rsss
    Desejo-lhe muitas felicidades e lindas inspirações.
    Feliz Natal !
    Feliz Ano novo!!
    beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
  48. Adorei a estória! Muito romântica.
    Feliz ano novo!!!

    ResponderExcluir
  49. Belo conto.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  50. Boa noite amigo Claudio!!!
    Agora já estou indo ler a continuação desta história que me rendeu risos e momentos lindos...
    Até...

    ResponderExcluir
  51. Olá Claudio, bom dia! Eu aqui atrasadinha a ler essa bela história, enfrentei alguns problemas de comunicação, por isso a minha ausência nesses últimos dias.
    Como sempre suas histórias nos prendem, a vida sempre nos reserva momentos agradáveis...Indo agora para a segunda parte dessa linda história de amor.
    Beijos com carinho e tenha um lindo final de semana.
    Marilene
    Marilene Folhas Flores e Sutilezas

    ResponderExcluir