domingo, 7 de abril de 2013

André e Diana



André é um cara legal, presença, simpático, muito parceiro, dificilmente está de mau humor. Para falar a verdade, eu nunca o vi sem seu charmoso sorriso. Tem uma boa forma física que perde com facilidade quando se entrega às tentações de petiscos e suco de cevada, mas recupera facilmente ao encarar responsavelmente horas de academia. Chama muito a atenção da mulherada e, nas festas, se diverte como ninguém.
Diana, ah Diana, acho que ela não nasceu, foi criada, pois é uma obra de arte. Quando anda, as ruas se transformam em uma passarela e ela arranca sem querer, suspiros dos homens, até mesmo dos mais insensíveis. Diana é perfeita, simpática, querida e maravilhosamente linda. Alta, esbelta e seu corpo é um desenho. Sua simplicidade é o que a faz, ainda, mais linda. Não é as roupas que a enfeitam, ela é que enfeita as roupas. Parece, que nela, qualquer coisa fica bem.
Eu os conheci de maneira muito parecida. Ambos iniciaram como estagiários em uma empresa que trabalhei, cada um ao seu tempo. André foi efetivado muito antes de Diana iniciar o estágio, para futuramente ser contratada. 
Quando Diana entrou na empresa, o encanto entre eles foi simultâneo. Primeiramente, saiam furtivamente para almoçar. Nosso grupo perdera, então, um parceiro de almoço, mas sabíamos que era por uma nobre causa.
Eu não participei de perto deste início de namoro, mas sempre me chamou a atenção o fato de que formavam um par muito bonito. 
Depois que assumiram publicamente, várias vezes eu disse a eles que faziam o casal mais bonito da empresa. Apesar de eu ser um fã desta maravilhosa dupla, não estou exagerando, pois o meu sentimento era compartilhado com quase todas as pessoas que os conheciam.
Algumas vezes, André me disse que ela era a mulher da sua vida. Com ela, embora conversasse consideravelmente, nunca obtive detalhes como este. E eu, como sou discreto, também nunca perguntei, mas sabia que a recíproca era verdadeira, pois se via no brilho dos olhos e nos gestos que o amor era mútuo.
Tudo parecia que o namoro só terminaria em um grande casamento, mas a vida reservou-lhes uma surpresa revés. André, nas consolidações empresariais que movem o país, foi transferido para outro estado. Com isto, as diferenças que existem em todo e qualquer relacionamento, com a distância, começaram a aparecer mais forte e as gotas foram enchendo o copo até que ele transbordasse.
Então, o belo casal se separou.
Há quem queira dar palpites, tentar adivinhar porque um par modelo como aquele não deu certo, mas a grande verdade é que na intimidade de um casal ninguém pode ou deve interferir. Somente eles sabem, se é que sabem, qual foi a falha que rompeu esta liga que parecia indestrutível.
Confesso que fiquei triste, pois me fazia muito bem vê-los juntos, mas entendo que cada um deve seguir  o caminho que lhe fará feliz.
Hoje seguem separadamente seus destinos, casados com outros amores e felizes.
Eu só posso desejar-lhes uma boa vida e que, cada um a seu modo, seja realmente feliz. Porém, no fundo do meu íntimo, embora mais velho que eles, sempre me sentirei um pouco órfão e continuarei lembrando saudosamente do lindo casal.

58 comentários:

  1. oi Chamun, olha eu por aqui novamente! kkk, como sempre belo texto... e fiquei com curiosidade... baseado em fatos reais!?!? :P
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, seja sempre benvinda.
      Obrigado.
      Sim baseado em fatos muito reais.

      Excluir
  2. Me lembro de quando você escreveu essa história. Você escreve maravilhosamente bem, meu amigo! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida.
      É fácil escrever sobre pessoas bacanas.

      Excluir
  3. Pois é Chamun, o brabo é ler e perceber logo no começo a identidade dos personagens, dá um sentimento de algo inacabado. Mas o bom é que esses amigos são felizes agora. Abc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É amigão Douglas:
      Que bom que estão felizes, muito felizes. Isto me deixa feliz também.

      Excluir
  4. Fiquei curioso com o eu que narra a história. Quem é esse cara? Admirador do casal? husahuas... muito massa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuti: Como diria o Roberto Carlos... Esta cara sou eu! kkkk

      Excluir
  5. A gente nunca sabe o que o destino nos reserva não é.. vai ver não era pra ser mesmo. Eu não acho que daria certo também, se fosse comigo, alguns dizem que não, mas creio que a distância é uma pedra muito pesada.
    abraaços:*

    Coruja Essência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo Lane, a distância é uma pedra pesada.
      Abraço.

      Excluir
  6. Como sou muito curiosa.Será que os conheci?
    Bj.
    Nilce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não minha amada mãe, mas teria gostado deles.

      Excluir
  7. Nossa !! ....
    Adorei o texto Claudio,muito bom mesmo!
    Destinos, caminhos. Acredito que nada é por acaso mesmo?
    Abração amigo!

    Lyu somah
    http://lyusomah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo.
      Nada é por acaso. Tudo tem seu tempo.

      Excluir
  8. Olá Claudio

    Acho que casais assim passam na verdade, que a luz no fim do tunel para todos rsrs
    De que perfeição realmente existe, e quando percebemos que eles tbm tem suas escolhas ficamos maus e chateados...
    E o risco que todos nós corremos rsrs

    Adorei o texto!
    E obrigada pelo comentario lá no Rosa Azul.
    Até mais

    Roberta
    http://rob-umarosaazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeição é uma palavra que não deveria existir né?
      Obrigado Roberta.

      Excluir
  9. Adoro esse tom de realidade que imprime em seus textos, final feliz é para os os contos de fadas..rsrs.

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lu, quando eu escrevo com o coração eu consigo dar este efeito, e quando não... sai uma grande palhaçada kkk
      Beijão.

      Excluir
  10. Não era pra ser ...o importante que deve ter sido bom enquanto durou.

    Bjus
    louca-por-make.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jú: Pode acreditar que pelo brilho dos olhos deles foi muito bom.

      Excluir
  11. Acho que me idenifiquei com Diana, rsrs, e a verdad a gente fica triste mesmo quando ver um casal tao bonito que nao deu certo, mas e a vida. Abraços meu amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Ludymila, é a vida que as vezes é dura, mas sempre achamos um caminho que acaba se tornando melhor.

      Excluir
  12. Uau! Apesar da imagem do inicio do post, o conto foi me levando a imaginar outras coisas, mas enfim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A imaginação é livre. A viagem está nos olhos de quem lê...

      Excluir
  13. gostei da postagem....haa deveria postar aqui o ´´menor conto de fadas do mundo´´ kk muito bom e realista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk, mas o menor conto do mundo eu plagiei. Aqui só publico o que é de minha autoria.
      Valeu.

      Excluir
  14. Oi Cláudio.
    Experiência própria só que entre o emprego e minha amada eu escolhi ela e arrumei outro emprego. Já se passaram 22 anos de companheirismo, paixão, cumplicidade, amor.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns professor. Isto é amor verdadeiro.
      Mas, os dois personagens eram muito jovens cheio de ideais.

      Excluir
  15. Excelente texto! Muito bom! :)))

    ResponderExcluir
  16. Acho que se o casal que lhe inspirou a fazer esse texto, lesse, ficariam balançados e duvidosos se deveriam ter investido mais ou não na relação.
    Belo texto!
    bjs
    http://oicarolina.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles leram Carolina, mas as dificuldade já eram enormes.
      Obrigado.
      Bjs

      Excluir
  17. Olá Claudio! Lindo texto!!
    Acho que algumas histórias ficam mais bonitas porque, em algum momento, terminam. E fica aquela saudade e aquela lembrança boa que a gente leva sempre no coração.
    Ah e a história deles deu errado mas deu certo! Deu errado como casal, mas deu certo pq apesar dos pesares, foram felizes enquanto durou e são felizes hoje, nas voltas que a vida dá.
    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Bia.
      É um ponto de vista interessante.
      Vendo por este lado dá para perceber que mais deu certo do que errado e ai está a beleza da história.

      Excluir
  18. adooorei o texto!
    super bonito!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Poxa, que triste que eles não ficaram juntos... não era pra ser mesmo então... ou talvez, eles sejam um daqueles casais que vivem se encontrando em várias épocas, mas nunca ficam juntos. Deve ser uma maldição, ou vai ver, não era na vida que o destino deles estava entrelaçado. Quem sabe na próxima!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Rick muita gente além deles ficou triste.
      Vai ver que é um destes casos que descreveste, mas quem sabe da próxima.

      Excluir
  20. Não adianta querer saber, entender. Costumo pensar na vida como uma cidade, cheia de ruas, esquinas, desvios, buracos e toda sorte de ciladas e surpresas possível. A vida também pode ser uma menina pirracenta que brinca com a gente como se fossemos marionetes, uma menina pirracenta que não gosta muito do óbvio e resolve complicar só para se divertir, quem sabe não seja assim mesmo? Mais uma vez, Claudio, você com um belo texto que prende o leitor do começo ao fim, só posso lhe parabenizar, como sempre.

    Beijão, meu caro.
    www.semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mayra, fico feliz que pensa assim.
      Beijão.

      Excluir
  21. Esse é o interessante da vida, ver que tudo, por mais certo que possa parecer, tende a um dia mudar. Tem que seguir o fluxo...

    Obrigada por seguir meu outro blog, um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fluxo não pára né Nanda. Sempre em frente.
      Abraço.

      Excluir
  22. Verídica?
    As vezes eu vejo gente assim também, que era muito lindo juntos, mas por uma infelicidade eles se separaram. O que você disse é bem verdade, a gente não conhece o íntimo do casal, e se acaso se separaram, é que não era tão firme e forte quanto a gente pensa.
    Ótimo texto! Gostei muito, e ainda refleti sobre um futuro incerto.
    Grande beijo e carinho!

    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Andressa, verídica.
      Sábias palavras.
      Obrigado pela visita.

      Excluir
  23. Claúdio bom dia, gostaria de convidar você para responder uma pesquisa rápida lá no blog, essa pesquisa é para a construção do MídiaKit do blog, se quiser responder clica no link abaixo, desde já agradeço, fique com Deus beijos.
    http://lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/2013/04/pesquisa-com-os-leitores.html#comment-form

    ResponderExcluir
  24. Olá, Claudio.
    O interessante na vida é que o inesperado sempre fará parte dela, queiramos ou não.
    Sempre desejaremos o bem para nossos amigos e conhecidos e ficamos felizes quando isso ocorre, mesmo de uma forma diferente daquela que imaginemos para eles.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto é verdade Jacques. Os amigos estando bem é o que verdadeiramente importa.

      Excluir
  25. Legal, nem sempre só o amor visível basta para um relacionamento; talvez eles tenham encontrado o amor novamente com seus novos parceiros e seguiram em frente.
    Te indiquei para um meme, não sei se você responde memes/tags, mas te indiquei por que escolhi pelos últimos comentários do blog.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, com certeza eles acharam sim e isto que conforta seus fãs, inclusive eu.
      Eu vou responder o Meme sim, já to até preparando e obrigado de novo por ter me escolhido.

      Excluir
  26. Oi Claudio
    Muito bom o texto! Quanto a história, penso que se eles se amassem verdadeiramente, nem a distância romperia esse amor. Talvez eu seja a última romântica kkkkk.
    Bjos.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo teu lado Lu, mas como disse acima, em um dos comentários,eles eram muito jovens.

      Excluir
  27. Ah! Claudio que triste essa estoria. Eles podiam ficar juntos no final. Mas a vida não é com um conto de fadas e realidade. Então adoro vir aqui e escrever e comentar.
    abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Rodrigo, é a vida, mas eles estão bem e felizes.

      Excluir
  28. Oi Claudio! Vim ver as novidades e retribuir as suas delicadas visitas...Adorei viu! Muito triste esse texto...Mas o que tem que ser nem o céu conspira a favor, aos nossos olhos tudo é lindo e perfeito, mas têm coisas que não se explicam e essa é uma delas, o mais importante é que hoje eles estão felizes...Gosto muito de ler os seus textos...
    Abraços
    Marilene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marilene,
      Tens razão o que tem que ser será...

      Excluir
  29. É isso aí Claudio, vida real nem sempre é ideal (ih, rimei rsrsrs) talvez por isso seja emocionante. Um abraço!

    ResponderExcluir
  30. Gostei do versinho Margo - rss. Obrigado.

    ResponderExcluir
  31. Conheço um casal que também terminou um relacionamento que parecia dar em casamento, mas agora nem ele e nem ela estão juntos e nem com novos parceiros, mas com certeza eles estão bem... Muito esse texto.

    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir