domingo, 4 de maio de 2014

Labirintos da vida

Fabiano e Júlia se conheceram em uma balada paulistana. Ficaram juntos, curtiram a noite e cada um foi para o seu canto.
Em outras baladas, voltaram a se encontrar. Ambos queriam curtir sem compromisso. No entanto, quando se deram por conta estavam combinando horários. Assim mesmo não admitiam o vínculo, mas como os encontros estavam cada vez mais frequentes, o tempo que passavam juntos, maior e as baladas sendo substituídas por cinemas, barzinhos e outros lazeres românticos, resolveram assumir o namoro.
Namoraram por dois anos e decidiram casar.  Foi um casamento de muita pompa, festa pra mais de mil pessoas, vinte padrinhos para cada um, ou seja, um verdadeiro conto de fadas e uma discrepância comparada com a situação econômica dos dias de hoje.
Durante o namoro e “ficadas” o entrosamento deles era perfeito, pois um completava o outro. Porém, logo após as núpcias, Júlia se deparou com um problema grave para um casamento. Fabiano saiu do emprego fixo e se tornou sócio de uma distribuidora de bebidas. O negócio era promissor, mas Fabiano teve que converter todo o seu tempo em horário de trabalho, deixando de dar a atenção que sempre dera a Júlia.
Ele se tornou um viciado em trabalho.
Júlia, embora com satisfação incompleta, segurou a situação e após um ano e meio nasceu Fabinho, que foi motivo de muita alegria, mas que se dissipou muito rápido. O pouco tempo que Fabiano tinha para Júlia foi dedicado ao filho Fabinho. Logicamente, uma criança merece toda a atenção e prioridade, mas Fabiano esqueceu-se da esposa. 
Com o tempo a relação foi se desgastando e Júlia se envolveu com o irmão de sua melhor amiga Natasha. Nereu, um pulha, mulherengo, desempregado por opção e não por fatalidade, mas um grande sedutor, conquistou Júlia facilmente por ela estar se sentindo rejeitada.
Não demorou muito para Fabiano descobrir o caso amoroso. Não suportando a traição ele pediu o divórcio. Júlia tentou desesperadamente o perdão. Fabiano não aceitou.
Sabendo da separação, Nereu se afastou de Júlia, pois a situação não lhe era mais confortável.
O divórcio aconteceu, e Fabinho ficou com a mãe, que passou a receber uma pensão de Fabiano.
A relação deles era muito amistosa até que Fabiano conheceu Leda. Júlia não aceitou este novo relacionamento e os perseguiu. Foram telefonemas de madrugada, e-mails ameaçadores e toda vez que se encontrou com Leda a hostilizou. Fabiano reagiu, mas Júlia ameaçou dificultar as visitas a Fabinho. Não querendo perder a facilidade de ver o filho, Fabiano recuou. Não demorou muito tempo para Leda perceber que não pertencia ao mundo deles e rompeu o compromisso. Júlia atingiu seu objetivo, mas Fabiano se afastou ainda mais dela.
O tempo foi passando, e Júlia começou a beber e se envolver com drogas.
Fabinho falou que queria morar com o pai. Fabiano sem êxito tentou tomar a guarda da criança.
Júlia iniciou uma vida promíscua, mas assim mesmo permaneceu com a guarda do filho.
Abatido e sem rumo Fabiano em um bar conheceu Ingrid. Nasceu uma grande amizade que progrediu para um namoro. Ao descobrir, Júlia iniciou uma nova era de terror. No entanto, Ingrid é mais forte e aceitou o desafio. O maior problema para Fabiano não era mais as ameaças em relação ao filho e sim as companhias com quem ela andava, pois eram nocivas para a criança. O menino não suportava a vida da mãe e estava sempre com medo. Ele se apegava cada vez mais a Ingrid.
Fabiano tentou levar normalmente sua vida com a namorada, mas quando estavam em um evento comemorativo da promoção de Ingrid, uma vizinha de Júlia ligou avisando que um dos parceiros da sua ex agrediu o menino. Fabiano enfurecido correu para a casa dela. Esta, ao atender a porta, foi empurrada por ele. Fabiano espancou o homem presente após certificar-se que era o agressor do seu filho. Pegou o menino e o levou para sua casa. Júlia deu parte na delegacia acusando Fabiano de agressão e rapto. Ele foi detido para esclarecimentos e liberado. Entretanto, um processo foi instalado por causa da agressão.
Conforme a passagem do tempo, a preocupação de Fabiano com Fabinho foi aumentando. Júlia se autoflagelava para acusá-lo, suas perseguições ao casal continuavam e os escândalos e o consumo de drogas aumentavam. Assim mesmo, Fabiano nada conseguiu na justiça. Ingrid embora apaixonada, decidiu romper. Ela não suportou a situação, não pela pressão de Júlia e sim pela ausência de Fabiano em virtude dos problemas.
Fabiano se cansou de esperar a justiça e planejou levar Fabinho para o exterior. Vendeu todos os seus bens. Não contou para o menino para que este, pela inocência, não atrapalhasse os seus planos. Fabiano marcou as passagens para um dia que tivesse a guarda da criança. Só que antes, teve que fazer os passaportes. Ele precisou pegar o menino em um dia de semana. Infelizmente, Fabinho comentou com a mãe sobre o que fizeram. Júlia ficou desconfiada, pois soube que Fabiano vendera sua parte na distribuidora. Conhecendo o ex-marido, sabia que em condições normais ele jamais venderia. Sabia que depois do filho, o trabalho era para Fabiano o que mais importava.
Somente no dia da viagem Fabiano falou para Fabinho que iriam embora. Esperando uma reação do garoto, recebeu apenas um abraço e um sorriso de alívio. O que eles não sabiam era que estavam sendo seguidos por Júlia, que deu parte na polícia. Ao tentar embarcar, Fabiano foi preso e Fabinho, chorando desesperadamente, foi devolvido para a mãe. Como Fabiano não era réu primário devido a primeira denúncia de Júlia, ele permaneceu detido. Ingrid se solidarizou e o visitou na delegacia. Trocaram carícias, mas apesar do amor que sentiam, não reataram. Porém, ela não foi a única visita que Fabiano recebeu. Surpreendentemente Janice, irmã de Júlia apareceu com um advogado e pagou a fiança dele. Ela disse que estava cansada das atrocidades da irmã e só pensava no bem do sobrinho. Soube da tentativa fracassada de Fabiano e decidiu ajudá-lo, mas para isto era preciso um plano e muita paciência.
Após alguns dias, em uma das crises de Júlia, Janice conseguiu interná-la em uma clínica. Como representante legal da irmã liberou o menino para viajar com o pai. Eles finalmente conseguiram embarcar para Europa. Ninguém soube o país, nem mesmo Janice, que pediu para não saber. Ela apenas desejou que Fabiano mandasse notícias e fotos por e-mail. 
Ingrid misteriosamente sumiu. Foi passar as férias na Grécia e nunca mais voltou. Dizem que a passagem comprada foi só de ida. E duas pessoas juram de pé juntos que foram testemunhas de seu casamento no civil com Fabiano poucos dias antes deste ir para Europa. 

35 comentários:

  1. Qualquer semelhança com a vida real não é mera coincidência. A vida nos dá opções,
    nem sempre escolhemos o melhor caminho.

    Ótimo texto Claudio, faz a gente parar pra pensar um pouco nos caminhos e descaminhos dessa existência.

    Abração, meu querido.

    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amigo, que conto complicado, pois mexe com as emoções de todos nós.Quando analisamos a situação da criança ao lado da mãe viciada, que desespero deve ficar um pai vendo isto acontecer, mas acho que tudo deu certo...o final foi radiante, só longe ficariam em paz.O que nos entristece é que situações como essa, acontecem no dia a dia em nosso país, com pessoas de todas as classes sociais.
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  3. OLÁ AMIGO
    Que conto mais louco é esse mais valeu a pena..⋮ ⋰
    ⋯ ☼ ⋯                      ^v^
    ⋰ ⋮ ⋱                       
                   ☁☁☁    ^v^      ☁☁☁
        ^v^     ☁☁☁            ^v^

    ░▒ Boa Noite....!!!!
    ●════════════◄ೋೋ►═════════════●
    ╭•⊰✿¸.•*ღ ღ¸╭•⊰✿¸.•* ღ¸╭•⊰✿¸.•*ღ ღ¸

    Boa Noiteeeeeeee....!!!!

    Um lindo começo de Semana pra você, sua família e amigos!!!

    Que neste começo de Semana, você seja surpreendido com as belezas e lindezas que Deus tem guardado só pra Você!!!

    *.¸.*✻ღϠ₡ღ¸.✻´¯`✻.¸¸.Ϡ₡ღ.¸.✻´¯`✻.¸¸.Ϡ₡ღ✻*.¸.*✻❤
    ღ~•••ღ●●ღQue Deus esteja em seu coração.ღ●●ღ•••~ღ
    ✻*.¸.*✻ღϠ₡ღ¸.✻´¯`✻.¸¸.Ϡ₡ღ.¸.✻´¯`✻.¸¸.Ϡ₡ღ✻*.¸.*✻❤

    ❥(˘◡˘)
    Com todo o meu carinho.❤♡❤*´¨

    ResponderExcluir
  4. A vida sempre tem caminhos tortuosos não é mesmo? Mas no fim, quem faz o bem, acaba também recebendo o bem, mesmo com tanto sofrimento passado.
    Bom texto, bastante real!

    ResponderExcluir
  5. OI CLAUDIO!
    QUANDO A FICÇÃO IMITA A VIDA REAL.
    TEU TEXTO TRAZ UMA VERDADE ATROZ, POIS, COISAS MUITO PARECIDAS SE VÊ, INFELIZMENTE E, NOS FAZ PENSAR.
    MUITO BOM, PRENDEU MINHA ATENÇÃO ATÉ O FINAL.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Admiro sua criatividade, Chamun. Fantástico. Viajei por alguns minutos no seu conto.

    ResponderExcluir
  7. ESPETACULAR!!!... ADORO CONTOS DESSE TIPO!!!... MAIS UMA VEZ, PARABÉNS AMIGO!!!...BEIJOS NO CORAÇÃO!!!...

    ResponderExcluir
  8. Amei seu texto você sempre faz um melhor que o outro, e infelizmente muitas crianças sofrem e a justiça nada faz.
    Parabéns
    bjs
    http://crisartigosfemininos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eita que esse cantinho está cada vez melhor. Acho que já vou deixar meu banquinho direto por aqui kkkkk
    Pior é que o mundo está cheio de Júlias e Fabianos. Ainda bem que nesse caso o final foi feliz p/ o Fabinho.
    Bjsssssssssss amigo e uma semana de muito sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  10. Garoto, que isso que vida complicada de Fabiano e Júlia é um encosto que nem macumba sai do homem rs. Mas sempre tem um caminho a seguir e um caminho complicado como o de Fabiano. Mas ele teve seu destino e no final conseguiu o que ele sempre queria uma família com a Ingrid ou não e sem a louca da Júlia.

    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Amigo o que locura deste casal mais tem vida deste jeito
    valeu apena eu lê. tenha uma semana maravilhosa
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  12. E como tem casos assim na vida real!
    Conto muito bem encadeado, daqueles que a gente anseia pelo desenlace e que traga bem aos personagens. Muito bom!

    ResponderExcluir
  13. Oie Claudio =)

    As vezes tenho realmente a sensação que andamos por um longo labirinto. A vida nos prega peças e muitas vezes nos faz tomar rumos e decisões erradas.

    Belo texto!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  14. Sua criatividade sempre me encanta, adorei esse texto tanto quanto os outros!
    Parabéns amigo criativo!
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Que legal,Cláudio.Sempre surpreendes e adorei o final. Isso acontece muito nas vidas que apresentam labirintos e escolhas...abraços,chica

    ResponderExcluir
  16. Já estava com medo do final, que bom que tudo acabou bem.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Adorei, Claudio! Chama-se “Labirintos...”, mas acho que também poderia ser “Armadilhas...”! Que casalzinho danado para cair em todas as armadilhas que se erguem no decorrer de suas histórias!
    Viajar para a Grécia: também quero! ^^

    ...beijos***

    ResponderExcluir
  18. Vocês e suas histórias, hein, Chamun!! Seus contos de fada realistas são muito realistas hahhaha... O que começa como uma linda história de amor se transforma em um pesadelo supremo. Fiquei triste pela mulher. O pior é que muita gente boa acaba se perdendo assim.

    Ah, to voltando com os contos. Fica de olho lá!

    Abraço

    ResponderExcluir
  19. Amei,Claudio! Muitos personagens e o labirinto da vida realmente é assim.Admiro seu dom nos contos.Deveria escrever um livro,amigo.

    Obrigada pelas visitas e comentários tão inteligentes.


    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck


    Blog Magia de Donetzka



    ResponderExcluir
  20. Oi Claudio,bela historia de amor ...amei ,e esta cada vezes mais arrasando nos texto.Parabéns bjs

    ResponderExcluir
  21. Ahhh, gente! Eu sempre falo para ele escrever um livro. As crônicas são perfeitas!
    Bjs – Su
    www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
  22. Engraçado, a vida é cheia de escolhas, decisões. As vezes fico pensando nas infinitas outras possibilidades que uma mudança de decisão tomada poderia causar. Concordo com as outras pessoas aqui, você deveria escrever um livro.
    -Distante do Sol-

    ResponderExcluir
  23. Toda escolha tem um riscos e surpresas... umas boas e outras não... isso acontece mesmo... parabéns pelo texto. abraços

    ResponderExcluir
  24. Olá Claudio,

    Um caso muito comum no cotidiano de muitos, infelizmente. O pior é utilizar um filho como instrumento de vingança. Pelo menos no conto houve final feliz para pai e filho.
    Narrativa excelente e envolvente. Parabéns!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  25. é a vida segue rumos inesperados
    não deixar uma relação cai em
    monotonia, curtir o que tem da melhor maneira e cultivar o amor
    pena que não foi assim entre eles

    `⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ✫¸.•°*”˜”*°•.✫“Nanda
    beijokas
    Maravilhosa Noite
    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  26. Oi Claudio


    Muito legal seu texto...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não se envolver? , principalmente quando o texto é tão parecido e real como a vida.
      Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

      Excluir
  27. Oi, Claudio!
    Adoro história com final feliz!!
    E pensar que existem muitas pessoas que passam a vida a atormentar o outro...
    Beijus,

    ResponderExcluir
  28. Muito bom esse texto!
    Escrita tão real que parece que estou lendo sobre o caso de pessoas que realmente existem...
    O texto ficou realmente muito bom, você já escreveu livros?

    Até mais!
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá Claudio, boa noite! Como sempre uma história que prende do inicio ao fim, e o pior disso tudo é saber que esse texto não é imaginário, é mais do que real na vida de muitos casais. Pessoas doentes assim como a Julia andam aos montes por ai, a prejudicar e se prejudicar,sem levar em conta que existe um ser inocente sofrendo as consequências disso tudo...Pelo menos na sua história o final foi feliz para pai e filho...
    Adorei!
    Beijos com carinho
    Marilene

    ResponderExcluir
  30. Fui me rendendo aos encantos da história,me envolvendo e torcendo pelo filho. Os dois são culpados pelo caos do relacionamento mas quando a amor,amor mesmo,esse de verdade que mesmo com todos os erros,histórias e tragédias,ninguém segura... Adorei.Quando der de uma passadinha no meu blog,no pior dos casos você ganhará uma amiga leitora e blogueira. Beijinhos http://luizadevaneios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Muito legal a história...ela acontece em muitos lares!
    Beijo
    www.leticiapsicologa.blogspot.com.br
    www.tipoassimtomsik.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Gente muito boa a sua história, eu não esperava mas me prendeu do início ao fim! o final então Fechou, perfeito!!! Parabéns!


    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Você e suas histórias cheias de reviravoltas e sempre que possível um final feliz (para uma das partes pelo menos). Enfim, continue escrevendo-as!

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir